segunda-feira, 4 de abril de 2011

O Dinheiro não Compra - Jennie Lucas

Título Original:
Italian Prince, Wedlocked Wife
Copyright © 2008 by Jennie Lucas

Protagonistas:
Máximo d’Aquilla e Lucy Abbott

Sinopse:


Da miséria à riqueza...
Lucy Abbott é mãe solteira e trabalha mais do que em tempo integral. No entanto, com o que ganha mal dá para alimentar sua filha.
Um casamento arranjado...
Então o príncipe Máximo d’Aquilla aparece com uma proposta milionária, que a livrará para sempre de sua vida de privações. Max rapidamente a leva para a Itália... e em pouco tempo Lucy será só dele!
...por decreto real!
Max a seduziu e a conquistou. Agora resta saber se sua motivação é por desejo ou vingança. E se ele será insensí­vel o suficiente para sustentar a mentira até o fim... 

Resenha:

Aff.. nem sei como começar.. Esse livro, o Máximo, principalmente, me causou reações controversas.. Senti pelo Max, uma espécie de amo/odeio impressionante. Na verdade, não amo/odeio, mas raiva/amor, acho que seria a maneira mais correta de colocar. Máximo é um daqueles homens, para quem na hora da vingança vale tudo. Tudo mesmo! Até sequestrar um bebê, apenas para afastá-lo de sua família por pura revanche. Mas, ao mesmo tempo ele é tão fofo... e tão cafajeste! Hahahaha.. Vive dizendo para Lucy, para que não se apaixone por ele, pois ele é um playboy, um bon vivant e não vai mudar por causa dela. Quer Lucy, mas não quer que ela o queira, não com amor. Apenas com desejo. Mas o que o move, verdadeiramente, é ódio que sente pelo avô de Lucy. E o sentimento de culpa, por ver que ela acabou em lares adotivos e numa miséria profundo por conta de sua atitude.

Lucy é mãe solteira, que trabalha de dia para comer a noite e dar de comer ao seu bebê. Numa noite de ano-novo, ao ser molestada por seu patrão é salva por Máximo que lhe oferece um casamento por três meses e uma quantia de 30 milhões de dólares ao final da união, apenas para esperar uma pessoa morrer. É claro, que ela o acha louco. De pedra. Mas ao final, vendo todas as privações por que sua filha passa, ela acaba concordando e se casando, sem saber em que teia de vingança está se metendo. Máximo, na verdade, odeia seu avô e quer a parte dela na empresa dele, para que ele possa assumir o controle e deixar o velho na bancarrota. Além de querer, também, se vingar do pai da filha de Lucy. A verdade é que com vingança ou sem vingança, eles acabam se envolvendo e ele acaba apaixonado por ela. Não que ele admita isso. Mas quando ele admite, é tão.. tão.. lindo que dá até pena. Ou não. Somente lendo, vcs vão saber. Créditos para Lucy, que é forte e decidida. Para Amélia, porque simpatizei bastante com ela. Para Ermanno, porque graças e ele, eles se reecontram, para o hipopótamo cor-de-rosa, que protagoniza cenas fofas e para tia de Máximo. Para o próprio Máximo e sua enorme conta bancária, que parece não ter fim. Hahahaha.. E para os momentos em que ele a chama de sua Principessa.


Ponto Alto:



— Destino — ela torceu os lindos lábios. — Pedi a verdade. Implorei. E você mentiu para mim. Seus beijos, con­forto, palavras doces... Tudo mentira.

— Não... Não era mentira. Apenas não te contei tudo. — Ele se moveu em direção a ela sob a luz das velas, de­sesperado para tocá-la, acariciar o rosto, fazê-la enten­der. — Primeiro não vi um objetivo, depois fiquei com medo...
— Você... mentiu. — Lucy recuou, a expressão confusa entre a raiva e a dor. — Alexander fez isso durante apenas um ano. Você o fez por toda a minha infância.
Ela começou a se virar.
— Case-se comigo.
Ela parou, retomando para encará-lo:
— O quê?
A dor na garganta dele era tão grande que ele mal podia propor um desafio, convocar o velho charme. Mas ele tentou ao extremo.
— Deixe-me consertar isso para você. — Ele segurou o caríssimo anel de platina e diamante oito quilates. — Nun­ca mais guardarei um segredo de você. Passarei o resto da vida tentando fazê-la feliz. Não por causa do que passou, mas por quem você é. Eu a amo, cara. Fique comigo. Seja minha esposa, para sempre.
Enrugando a fronte, magoada e confusa, Lucy ofegou.
— Meu Deus, existe algo sobre o qual você não vai men­tir, apenas para vencer?
— Não estou mentindo! — Em frente a todas aquelas pessoas, o príncipe Máximo d’Aquilla se permitiu revelar sua vulnerabilidade. Cada músculo do corpo dele estava tenso quando entregou o anel a ela, mal ousando respirar.
— Estou pedindo que você me ame. Estou pedindo para ser minha.
Lentamente, Lucy tirou o anel dele. Olhou para as fa­cetas infinitamente brilhantes, o brilho frio do diamante perfeito.
Va bene, ele pensou de repente. Ela vai me perdoar. Vou passar o resto da vida amando-a...
— Você realmente me ama? — ela indagou delicadamente.
— Sim! — Máximo quase gritou.
Ela fechou os olhos e suspirou. Quando os abriu, esta­vam frios como os do velho Ferrazzi.
— Ótimo — ela prosseguiu. — Então isso vai doer.
Lucy atirou o enorme anel de diamante na cara dele, ti­rando sangue da bochecha no lugar onde a ponta arranhou a pele.

Classificação:



Um comentário:

Suelen Mattos disse...

Nossa, eu ouvi falar tanto nesse livro qndo saiu que ele acabou entrando pra minha listinha, hehe.

Acabei de ler hoje um livro maravilhoso de sheik pra Maratona de Banca 2011 e lembrei de vc. com certeza vc já deve ter lido, é o "A Sedução do Sheik", da Lucy Monroe. Adorei, vou ver se aos poucos consigo ler a série toda, hehe!!!

Bjs!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...