quarta-feira, 15 de junho de 2011

Promessa de Paixão - Sandra Marton

Título Original:
Nicolo: The Powerful Sicilian
Copyright © 2010 by Sandra Marton


Protagonistas:
Nicolo Orsini e Alessia Antoninni


Sinopse:



Poderoso na sala de reuniões... apaixonado no quarto!


Nicolo Orsini tinha coisas melhores a fazer do que visitar um vinhedo antigo na Toscana. No entanto, quando questões de família e negócios se misturavam, ele não tinha muita escolha. Uma vez lá, ele conheceu Alessia Antoninni, uma princesinha mimada com uma beleza estonteante. Desde então, a viagem se tomou muito mais interessante! Alessia ouvira dizer que o nome Orsini significava perigo. Mas ela não esperava a potente masculinidade de Nick. Com seu coração e sua fortuna em risco, ela logo cedeu a todas as exigências dele...


Resenha:

Chegando ao fim da minha saga Orsini - por enquanto-, digamos, que eu não esteja conseguindo definir meus sentimentos a respeito deste livro e muito menos que nota dar a ele. Sei que senti monotonia.. no iníncio. Porque estava contando as páginas e quando começo a contar as páginas é porque realmente as coisas vão mal. De repente, a coisa começa a melhorar, daí veio a animação. Já bem perto do fim, veio a empolgação, a história começa a ficar REALMENTE boa, pena que já está perto do fim. E no fim... FRUSTRAÇÃO! Como assim???? Nem uma só palavra a respeito do papai Orsini e suas tramóias de juntar os filhos. Sério que vai me fazer acreditar que foi tudo coicidência??? Juraaaa??? Ah, pára, ne??? Não dá, nem para mim, por mais fantasiosa que eu seja! Eu estava crente, crente que haveria pelo menos alguma palavra enigmática do chefão Orsini a respeito do casamento dos 4 filhos e nada! Patavinas! Afffffff.. Eu também já estava esperando o final do casamento o papai Orsini chamar as filhas para alguma missão. Porque não era possível que depois de tudo, elas não tivessem um livro só delas.. E ai?? Nada! Mas aí, não me contentei, fui na página oficial da Sandra Marton para caçar algum indício e eis que ela postou no dia 07/03/2011, a seguinte nota, para minha alegria:

"My thanks to all of my wonderful readers who’ve written to ask  if I’m going to tell the stories of Anna and Isabella Orsini. Because of your amazing interest, I decided to do just that!  Look for THE ICE PRINCE, Anna’s hot romance with Prince Draco Valenti, coming in November, and for THE REAL RIO D’AQUILA, Isabella’s breathtaking love affair with billionaire Rio D’Aquila, coming in December. I’ll post the covers as soon as they’re available."


"Meus agradecimentos a todos os meus maravilhosos leitores que têm escrito para me perguntar se eu vou contar as histórias de Anna e Isabella Orsini. Por causa desse incrível interesse, eu decidi fazer exatamente isso! Procurem por "The Ice Prince" (em tradução livre "O Príncipe de gelo"), o quente romance de Anna com o príncipe Draco Valenti chega em Novembro, e por "The Real Rio D´Aquila" (em tradução livre "O Real Rio D´Aquila), o empolgante caso de amor de Isabella com o blionário Rio D´Aquila), que chega em Dezembro. Eu postarei as capas assim que estiverem disponíveis."


Ehhhhhhh.. a partir daí, meu humor, começou a melhorar e minha frustração começou a ceder, quem sabe vem alguma explicação no livro de uma das duas. Mas, voltando a história de Nicolo e Alessia..


Alessia é filha de um príncipe italiano que está prestes a perder seu vinhedo que já está na família há mais de 500 anos. Para não perder o vinhedo, ele faz um trato com Cesare Orsini, que lógico, envia seu filho Nicolo para fazer a negociação. O príncipe, que não é bobo nem nada, quando soube que papai Orsini mandaria Nick, deixou sua filha encarregada da negociação. O caso é que os dois sentem uma atração devastadora e logo se entregam a paixão. Mas a coisa complica a partir do momento que Alessia engravida e Nick acha que escuta que ela tramou contra ele... Créditos para Izzy e Anna!


Ponto Alto:


Não. Não iria no The Bar.
Também não iria tentar conversar com sua esposa. E tinha de parar de pensar nela desse jeito. Alessia não era sua esposa, assim como não era a mulher doce e inocente que acreditara  que fosse, pensou ao descer do táxi na frente de seu prédio em Central Park West.
Ela era a filha da aristocracia ardilosa e fria que ele inicialmente achou que fosse , e era hora de encarar a realidade.
Amanhã iria pedir que um amigo recomendasse um advogado, encontraria o sujeito e se aconselharia sobre como proteger a si mesmo e a seu filho quando se divorciasse de Alessia, o que faria assim que o bebê nascesse. Ela poderia ir para a casa do pai ou ficar nos Estados Unidos. Ele a ajudaria, conhecia suas responsabilidades. Mas esse filho seria seu. Inteiramente seu. E se tivesse de brigar por sua guarda...


- Boa Noite, Sr. Orsini.
Não estava com humor para um bate-papo com o porteiro.
- George... - Nick disse, indo embora.
- Espero que não se importe por eu perguntar...
- Perguntar o quê?
- Se está tudo bem com a Sra. Orsini.
George era a única pessoa, além do obstetra e de suas irmãs, que sabia que havia uma sra. Orsini.
Espere um instante.
Nick parou. Depois virou-se para o porteiro.
- Por que não estaria?
George hesitou.
- Bem, eu só pensei... quero dizer, não estou bisbilhotando, senhor, só que ela me perguntou sobre o hospital mais próximo quando chamei o táxi para ela e...
- Qual? - a voz de Nick saiu rouca pela pressa. -  A que hospital disse para ela ir?
- Sugeri que fosse ao Monte Sinai. Sei que não é o mais próximo, mas...
Nick já estava a caminho.


Sexta-feira à noite não era o melhor horário para estar em uma sala de emergência. O lugar estava cheio de bêbados, drogados e pessoas que pareciam as últimas.
Alessia não estava entre eles. Nick levou dez minutos para encontrar uma enfermeira que soubesse de algo, mas só dois para convencê-la de que colocaria o lugar a abaixo se não dissesse onde encontrar sua esposa.
Alessia dera entrada meia hora antes com sangramento vaginal. Ela dera o nome de seu obstetra. A enfermeira o conhecia. Ela o chamou e ele estava com Alessia em um quarto particular, e se o sr. Orsini pudesse aguardar na sala de espera...
Nick correu para o elevador, mas soube que não teria paciência para esperar e subiu  pelas escadas de incêndio. Quando chegou ao andar certo, e encontrou o quarto certo, estava com a respiração ofegante.
E assustado como nunca estivera em sua vida, nem em combate, nem em operações clandestinas, nem em nada. Sua esposa, sua esposa, estava atrás daquela porta. Sua esposa, que ele amava de todo o coração, do fundo de sua alma, com todo o seu ser... 
Respirou fundo. Bateu. Girou a maçaneta...
E viu sua princesa, pálida e parecendo desamparada, numa horrível camisola de hospital que só a deixava mais bonita, numa cama de hospital que parecia deixá-la menor.
- Alessia - ele sussurrou.
Ela virou o rosto na sua direção. Seus olhos brilharam, mas depois a luz neles diminuiu.
- Nicolo - ela disse. - Como você...
Ele correu para o lado dela, segurou sua mão fria e a levou aos lábios.


Classificação:


Um comentário:

garotaonline.com disse...

Oiii....
Você me perguntou no meu blog, deolhonabanca.blogspot.com, o nome dos livros dos irmãos Harts, aqui segue o nome dos 5 livros:
1º Natal Do Cowboy - Diana Palmer
2º Sempre Te Amei - Diana Palmer
3º Estações Do Amor - Diana Palmer
4º FEITIÇO DO AMOR - Diana Palmer
5º Nas Mãos Do Destino - Diana Palmer

São ótimos livros! Se for ler tenha uma ótima leitura :)

;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...