segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Maratona de Banca - Dezembro: Poderoso e Ardente - Susan Mallery

Maratona de Banca - Dezembro

Tema: Natal
Livro Escolhido: Poderoso e Ardente - Susan Mallery

Lindo! Leve! Engraçado! Enfim, não poderia ter escolhido livro melhor. Estou encerrando 2012 com chave de ouro. Perfeito. As meninas que indicaram ele para a Maratona estão de parabéns. Amei!

Título Original:
High-Powered, Hot-Blooded
Copyright © 2009 by Susan Macias Redmond

Protagonistas:
Duncan Patrick e Annie McCoy

Sinopse:


O Homem mais Lindo do Mundo!

Duncan Patrick: CEO e avarento.

Objetivo: Perder o mau-humor.

Plano: Encontrar a amante (temporária) certa.



Duncan não gostava de ser cobrado, pois era ele quem deveria cobrar das pessoas. Entretanto, o conselho de diretores de sua empresa fizera uma exigência definitiva: ele deveria mudar sua imagem pública. Ao conhecer Annie McCoy, uma doce e inocente professora de jardim de infância, Duncan soube que ela iria lhe proporcionar a aura de um perfeito anjo, mesmo que para isso fossem necessárias artimanhas diabólicas. Convencer Annie a assumir o papel de amante não tinha sido um grande problema, mas agora ele precisava torná-la sua esposa na vida real. Poderia um executivo rabugento cultivar o encanto necessário para conquistar o coração da mulher que ele quase destruiu?



Resenha:

Eu tinha lido a resenha da Su do Blog Romantic Girl e já me deu aqueeela vontade de ler. Depois, lendo a indicação de alguma menina, escolhi ele como meu livro de dezembro e depois me arrependi, porque tive vontade de ler ele bem antes.. hahahaha.. mas, consegui me segurar  e aguardei até dezembro para ler. Nossa! Estou encantada! Super, super, super Recomendo!

Duncan, um magnata implacável, que conseguiu transformar uma pequena empresa familiar em um império. Talvez, por isso, ou exatamente por isso, ele seja conhecido como uma magnata cruel. Cruel daquele tipo que despeja velhinhos e que a imprensa ama odiar. Tanta fama negativa começo a incomodar seus diretores e seu tio lhe deu um ultimato: Mudar sua imagem perante a imprensa.

— Mude essa sua imagem — disse seu tio, balançando o jornal para ele. — Estamos quase no Natal. Dê dinheiro aos órfãos, encontre uma causa. Resgate um cachorrinho perdido. Namore uma boa garota, pelo menos uma vez. Ora, nós nem nos importamos se você vai realmente mudar. Imagem é tudo. Sabe disso.

Cara! Eu adorei isso! hahahaha.. O caso é que Duncan, no meio de desfalque em sua empresa, conhece Annie, uma boa garota, professora de jardim de infância e ele, como bom empreendedor, vê a oportunidade que necessita bem diante de si e não titubeia, chantageia Annie e ela aceita se passar por sua namorada até o Natal. Só achei que ele exagerou na parte do "ticket-refeição". É fofo como ele tenta o tempo todo demonstrar que é cruel, mas tem atitudes nobres sem perceber. Lindo! Créditos para Cameron, o estilista, dei muitas gargalhadas com ele, para Annie, porque de cara, simpatizei com ela e lógico, para Duncan, o irresistível.

Ponto Alto:


Como vocês se conheceram?
Annie contou a história do pneu furado do Dia do Trabalho. Ele não pareceu convencido.
— Alguém disse que você é professora?
De jardim da infância. Eu adoro trabalhar com crianças. Elas são tão empolgadas com a escola. Sei que manter o nível de excitação vivo depende de mim, assim como prepará-los para serem bem-sucedidos no sistema de ensino. Se nós conse­guirmos despertar a empolgação para aprender nas crianças pe­quenas, podemos mantê-las na escola até o final do ensino mé­dio, e nos certificarmos de que elas entrem na faculdade.
O repórter piscou.
Certo. Então, por que Duncan Patrick? Annie sorriu.
Porque ele é um homem maravilhoso. Embora eu tenha de lhe dizer, a primeira coisa que eu notei foi a risada de Dun­can. Ela tem uma risada deliciosa.
O repórter piscou novamente.
Eu nunca o ouvi rir.
Então suponho que você tenha de ser mais engraçado disse ela.
Duncan se aproximou deles. Charles cumprimentou ele, apertando a mão do outro homem. Prazer em vê-lo.
O prazer é meu.
Duncan voltou a atenção para Annie.
Vamos dançar murmurou ele, tirando-lhe o copo da mão e colocando-o sobre uma bandeja perto da parede. Segurando-lhe a mão, conduziu-a para longe do repórter.
Annie acenou para Charles, então deu um tapinha no braço de Duncan.
Eu não sei dançar.
Não é difícil. Eu conduzo você.
Annie não sabia se aquilo ia ajudar.
Você acha que nós poderíamos convencer todos de brin­car de corre-cutia? Porque eu sou realmente boa nisso.
Duncan parou, virou-se para ela e começou a rir. Annie ficou satisfeita ao descobrir que não tinha mentido sobre a risada dele... Era deliciosa.



Nosso contrato é claro disse ele friamente. Você vai embora agora e eu ponho seu irmão na cadeia.
Duncan se preparou para a raiva, para as lágrimas, para ame­aças. Em vez disso, ela sorriu.
Ora, por favor, Duncan. Ambos sabemos que você não fará uma coisa dessas. Não é aquele sujeito cruel. O sorriso de Annie tremeu um pouco, então morreu. Acha que isso é fácil para mim? Não é. Eu o amo. Mas olhe para você e para sua vida. Eu não pertenço a esse lugar. Foi uma época maravilhosa para mim, e você é um grande homem. Merece ser feliz. Por isso é importante que dê uma segunda chance a Valentina. Você a amou um dia. Talvez aquele tenha sido apenas o momento errado para vocês dois.
Mais uma vez, ela estava falando a verdade, e sabia disso. Duncan achava que entendia Annie, mas estivera errado. Ela o amava e queria que ele ficasse com outra mulher? O absurdo daquilo o deixou ainda mais furioso. Se você me amasse, ficaria disse ele, a voz praticamen­te um grunhido. A seguir, vai me dizer que quer que sejamos amigos.
Ela estremeceu, como se ele a tivesse esbofeteado. Você está aborrecido.
Você está fazendo um jogo. Eu esperava mais de você, An­nie. Se quiser ir embora, então vá. Não dê a desculpa ridícula de que isso é para meu próprio bem. Como sabe bem, isso é bobagem.
Agora as lágrimas caíram, mas diferentemente de sua experiência com outras mulheres, aquelas lágrimas pareciam queimá-lo. Ele sentiu um profundo aperto no peito.
Você é tudo que eu sempre sonhei. É forte e gentil. Generoso e engraçado. Eu quero passar minha vida inteira do seu lado. Quero dormir em seus braços, ter seus filhos, amá-lo e me preocupar com você. Quero passar cinqüenta anos na sua com­panhia e ouvir os vizinhos dizendo coisas como; "Aqueles Patrick estão casados há uma eternidade." Annie secou o rosto com os dedos.
Mas não se trata apenas de mim. Há Valentina. Então, eu estou fazendo a coisa certa. Porque isso é importante. Mas é necessária uma única palavra, Duncan. Eu não estou lutando pelo que quero, porque não acho que tenho uma chance. Não pensei que você correspondesse o meu amor. Diga-me que está tudo acabado com Valentina e que me ama. Que quer que eu fique, e eu ficarei.
Duncan finalmente entendeu a finalidade do jogo dela. Uma cilada. Eu seria um ótimo ticket-refeição disse ele. E devo lhe dar crédito por originalidade. Foi um discurso e tanto.
Annie enrijeceu, enquanto a cor se esvaía de seu rosto. Secou as lágrimas novamente, então pegou sua bolsa.
Você joga para vencer, certo? perguntou ela em tom baixo. Você me falou isso diversas vezes, e eu não ouvi. Talvez esteja certo sobre Valentina, e talvez eu esteja. Espero que dedique seu tempo para descobrir. Quanto a mim, se você pode dizer essas palavras, se pode realmente pensar que estou aqui porque você é rico e bem-sucedido, então nunca me conhe­ceu em absoluto. E suponho que eu nunca o conheci. Porque o homem que eu amo é capaz de ver dentro do meu coração e da minha alma. Ele sabe quem eu sou. E esse não é você. Adeus, Duncan.
E então ela se foi.



Classificação:









3 comentários:

Nadine Gail disse...

Adooooooooro livros com professoras de jardim de infãncia, e chantagens!! ótimo, esse entrará pra minha longa lista de 2013!

Beijos Lu

- As Leituras da Pin-up

Valter Cardoso disse...

Olá.
A-DO-REI o seu blog.
Estou indicando seu link no meu Seguidores de Blogs (http://seguidoresdeblogs.blogspot.com.br/2013/01/amante-do-deserto.html). Quando tiver um tempinho disponível, nos faça uma visita. Será muito bem-vinda!
Abraços, e sucesso!

Nathal Sant disse...

Oi lu, feliz ano novo, mesmo atrasado...rsrs.
Tem resenhas novas no meu blog etb o sorteio de seguidores. Passa lá qd der. Eu adoro esses livros com professorinhas e muitas chantagens de amor...kkkk.
bjsss
http://mromances.blogspot.com

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...