domingo, 7 de junho de 2015

Romances Inesperados - Por Uma Noite Apenas - Jennie Lucas

Título Original: 
Reckless Night in Rio            
Copyright © 2011 by Jennie Lucas

Protagonistas:
Gabriel Santos e Laura Parker

Sinopse:

"Tudo o que você deve fazer é... Fingir que me ama."

A tarefa parecia fácil para Laura Parker. Afinal, Gabriel Santos era muito charmoso, seria apenas por uma noite e ele estava oferecendo um milhão de dólares. Porém, havia três coisas a se considerar: primeiro, eles já tinham passado uma noite inesquecível no Rio de Janeiro; segundo, Laura se apaixonou por Gabriel desde então; terceiro, ele nunca desejou ter filhos... E nem sonhava em saber que era o pai do bebê de Laura!


Resenha:

Então, antes de ler este livro, assim como na maioria dos livros que eu leio, eu dei uma pesquisada, li algumas resenhas e em sua maioria, eram resenhas elogiando muitíssimo e dizendo que a história era emocionante, de fazer chorar e tals. Claro, me empolguei. Adoro um bom drama. Ledo engano. Talvez, por ter criado muita expectativa, não consegui sentir as mesmas emoções descritas na resenha, Eu fiquei esperando bem mais.Eu adoro histórias com mocinhos ou mocinhas brasileiras e isso eu não escondo. Ainda mais, quando vivem no Brasil. Fiquei pensando se a autora esteve realmente no Rio na época do carnaval, porque descreveu com precisão cirúrgica o carnaval de Ipanema. Voltando à história, achei os motivos do mocinho para fazer a proposta a Laura, muito "fraco" para tamanho desespero, porque no fim das contas, o cara dá um pé na bunda da mulher e mesmo assim, não vende nada para ele. Tipo, tudo por nada. Sobre o filho, melhor nem comentar. O cara é um cego. Enfim, achei morno e dei três estrelas.

Laura era secretária de Gabriel e vivia com ele, até que numa tarde, cedem ao desejo e dormem juntos. Na manhã seguinte, ela diz que é melhor se demiti, ele concorda e ela vai embora arrasada, porque achava que ele iria pedir para ela ficar. Umas semanas depois, descobre que está grávida e decide não contar nada. Um ano depois, Gabriel aparece na porta de Laura, com uma proposta para que ela aceitasse se passar por sua noiva, por uma noite, em troca de uma quantia em dinheiro e nem desconfia que o bebê que ele vê em seus braços é seu filho. Créditos para o Rio de Janeiro, porque até na história, ele continua lindo.

Pontos Altos:

Uma mulher tinha acabado de sair da mansão, e estava descendo a escada do terraço superior em direção à piscina. Usava um biquíni minúsculo, típico traje do Rio. As mulheres cariocas estavam entre as mais sexies do mundo, e a mulher daquela festa estava entre as mais lindas da cidade. Uma beleza a mais não deveria significar nada, todavia alguma coisa sobre aquela mulher em particular atraiu a atenção de todos os homens presentes.Até mesmo os rapazes que tinham pairado ao redor de Adriana estenderam o pescoço para olhar. Um garçom que tinha ido completar o drinque de Adrianaacidentalmente despejou vodca na perna dela, fazendo-a levantar furiosa.— Oh, seu estúpido... Saia de perto de mim!Contudo, ninguém estava olhando para Adriana. Não mais.A linda recém-chegada era pequena e curvilínea, seus quadris se balançando enquanto ela se movia. Seus longos cabelos cor de mel caíam em ondas sedosas nas costas nuas. Ela possuía uma pele cremosa, e sob os triângulos do sutiã do biquíni seios grandes eram os mais perfeitos que qualquer homem poderia imaginar.Gabriel ficou boquiaberto ao reconhecê-la... A mulher rodeando a piscina e indo em direção aos gazebos com tanta graça. A mulher que fizera todos pararem na festa glamorosa de Felipe Oliveira.Laura.


***

Ele estendeu o braço e tirou-lhe uma mecha de cabelos do rosto.— Pensar que durante todo aquele tempo eu tive uma mulher tão linda trabalhando para mim. — Ele meneou a cabeça com uma risada. — Ainda bem que você não estava com essa aparência quando era minha secretária, ou eu não teria conseguido trabalhar.— Não teria?— Já era difícil como era. Você sempre foi muito bonita. Eu a quis desde o primeiro dia que a conheci, quando você entrou no meu escritório usando aquele velho conjunto marrom e óculos grandes.Ele se lembrava das roupas que ela usara no primeiro dia que eles tinham se encontrado?— Você não precisa falar assim — disse Laura com o coração descompassado. — Ninguém pode nos ouvir.Ele removeu seus chinelos e camisas, deixando-os na areia e puxando-a em direção ao mar. Tirando as sandálias de salto, ela o seguiu.Gabriel a conduziu para dentro da água, andando para o fundo. Eles seguiram devagar, atravessando ondas, até que a água estivesse batendo no topo de suas coxas. Ele parou e olhou para trás.— Eles ainda estão observando. — Gabriel sorriu. — Você torna isso tão fácil. Qualquer homem a quereria. Metade dos homens aqui já está apaixonado por você.Laura engoliu em seco, desejando falar que não se importava, que ele era o único homem que ela queria, o único que sempre quisera. Um dia o amara com todo seu coração... Este homem com olhos escuros calorosos que a fazia se derreter, que sussurrava palavras de adoração, que causava ardor em seu corpo mesmo quando eles não estavam sob o sol quente.


***


— Sr. Gabriel! O que o senhor está fazendo, tão breve...? E onde está a Sra. Laura?— Ela não irá — replicou ele secamente. — E ela não é senhora.— Mas, senhor... O que aconteceu?Gabriel olhou pela janela, para os lindos campos infinitamente brancos.— Apenas vá.


Classificação:









LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...