terça-feira, 13 de setembro de 2016

Amante Temporária - Cathy Williams

Título Original:
His Temporary Mistress
Copyright © by Cathy Williams

Protagonistas:
Damien Carver e Violet Drew
Sinopse:

Damien Carver está determinado a denunciar a mulher que furtou de sua empresa. E nada do que Violet Drew, a irmã da culpada, diga ou faça o levará a mudar de ideia. Mas a determinação de Violet, sem mencionar suas curvas
tentadoras sob o casaco deselegante, atraem o interesse de Damien a ponto de ele permitir que ela pague pela liberdade da irmã… Damien precisa de uma noiva temporária, e Violet será perfeita para a posição assim que for produzida com vestidos de grifes e sandálias de salto. No entanto, o alto executivo de coração frio não estava protegido para resistir ao encanto da natureza doce de Violet. Talvez ela tenha conseguido uma grande vantagem!


Resenha:

Gente! Eu adoro esse tipo de livro! Geralmente, são bastante clichês, mas eu adoro! Livros em que o mocinho não resiste, quer se tornar amante da mocinha, mas deixa claro o tempo inteiro que aquilo não tem futuro, que não haverá promessas de futuro juntos e no fim, acaba rendidinho aos pés da mocinha! Assim, é nosso Damien. A princípio, quando a irmã de Violet é flagrada tentando roubar informações importantes da empresa dele e Violet o procura para pedir misericórdia, ele vê nela, a personificação de tudo o que ele acredita que sua mãe, que acaba de descobrir um câncer e é doida para vê-lo assentado na vida, principalmente devido ao irmão deficiente, que eventualmente, ficará aos cuidados dele, gostaria numa nora. Violet é bem o tipo "bela, recatada e do lar", diferente das cabeças de vento com quem ele costuma se relacionar. Para começar, é professora. - Linda! Pertence a Academia, já ganhou minha solidariedade.. rs - Se veste com roupas que escondem o corpo, que ela acredita ser roliço e bem séria. Damien não acredita que se interessaria por ela nem em um milhão de anos e por isso, a chantageia para que ela entre no seu plano - se passe por sua namorada para sua mãe - em troca da liberdade da irmã. Muito a contragosto, Violet aceita e aquela convivência, que acaba cheia de tensão sexual, evolui para um romance que Damien insiste em dizer que é sem ompromisso. Mas quando Violet, inesperadamente, termina tudo com ele, o bichinho fica doido! Adorei! Ah! E devo dizer que é beeem HOT!


Ponto Alto:


"– Mas não sou sua namorada. 
– Aonde quer chegar? 
– Falamos durante a semana? – Ela mordeu o lábio inferior tentando entender uma relação que não era uma relação. – Ou ficamos juntos apenas aqui? – Quer dizer – acrescentou no caso de ele achar que ela ficaria ansiando pela companhia dele –, e se eu conhecer alguém? Tenho uma vida social. Os professores saem depois da escola. A maioria de nós precisa de um happy hour depois de um dia na companhia de crianças cheias de energia.
– Conhecer alguém? 
Ele mudou de posição para encará-la. 
– Estava pensando em voltar a namorar. Por alguma razão, com Phillipa por perto, isso era difícil. Acho que ela consumia minha energia. Passei muito tempo me preocupando com ela e ouvindo suas sagas e nunca tive tempo para mim. Com Phillipa em Ibiza agora… 
O cérebro de Damien ainda estava na parte do “voltar a namorar”. Eles haviam acabado de fazer amor! Estava indignado. Como ela podia pensar na perspectiva de ter outro cara quando estava ao lado dele, o corpo ainda quente do orgasmo?
– Desculpe, mas isso não vai acontecer. 
Deitou-se de costas e ficou olhando para o teto. Percebeu que ela também olhava para o teto. 
– Não estou entendendo. 
– Como você diz que não pula na cama dos homens e fica falando que quer começar a sair e a dormir com quem quiser? 
– Não foi o que eu disse! 
– Não? Pareceu que sim. E fiquei muito ofendido de você ter tocado no assunto depois de passarmos uma hora e meia fazendo amor. Na verdade, não deveria nem pensar em outros homens. Eu deveria ser o único homem na sua cabeça.
– O jogo mudou – disse Violet calmamente – e as regras são diferentes agora. 
– Esclareça. 
– Por que precisa ser tão arrogante? 
– É um dos aspectos da minha personalidade. Mas você ia falar das novas regas. 
– Eu… por alguma razão me sinto atraída por você – disse, respirando fundo. – Você disse que eu deveria viver o presente e acho que é minha oportunidade de fazer isso. Nunca achei que fosse acontecer, mas aí está você.
– Então… outros caras… fora de questão. Clubes noturnos e sexo depois do happy hour, também fora de questão. 
– Então as regras também se aplicam a você. 
Damien ficou de lado e olhou para ela. Combinando com uma conversa séria, ela puxou o edredom até o pescoço. 
– Com prazer."


Classificação:









Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...